16°C 27°C
São Paulo, SP
Publicidade
Anúncio

Larvas são retiradas da boca de idoso em hospital de Gurupi no Tocantins

O produtor rural deu entrada no HRG após sofrer um acidente de moto. Segundo o filho, não foi feita limpeza adequada nos ferimentos internos da boca e da língua. Saúde diz que vai apurar o caso.

31/10/2022 às 09h37
Por: Redação
Compartilhe:
Larvas são retiradas da boca de idoso em hospital de Gurupi no Tocantins

 

Mais de 130 larvas de mosca foram retiradas da boca de um paciente, de 64 anos, internado no Hospital Regional de Gurupi. O produtor rural José Nonato deu entrada na unidade com um quadro de politraumatismo facial, após sofrer um acidente de moto. O relato é do filho, Vando Pinto Costa, indignado com a situação.

 

Segundo ele, o pai, apresentou grande inchaço na região da língua após a internação e ficou cerca de oito dias sem comer. A reclamação é que, durante esse período, faltou higienização interna nos ferimentos da boca e da língua, além de exames para identificar as causas do inchaço e cuidados para com o paciente. O caso foi denunciado no Ministério Público Estadual.

A Secretaria de Estado da Saúde (SES-TO) informou que vai abrir uma sindicância investigativa, para apurar os cuidados dispensados ao paciente e tomará as providências cabíveis. 

 

No dia 18 de outubro, José Nonato sofreu um acidente de moto em uma estrada rural, no município de Aliança do Tocantins. Foi socorrido e encaminhado para a unidade em Gurupi.

 

"Quando meu pai chegou ao hospital, primeiramente ficou no corredor. Eu solicitei a limpeza na boca e na face dele. Eles fizeram e, no outro dia percebi que a boca estava desinchada e a língua tinha coloração normal. Na noite do dia seguinte, achei estranho, a língua não cabia dentro da boca, estava inchada demais", relatou.

 

A família se preocupou com o estado de saúde do seu José. Solicitou, por várias vezes, que o inchaço fosse investigado, através de exames. No entanto, segundo Vando, não foi realizada tomografia, nem radiografia maxilar.

 

"Mal passava o ar entre o céu da boca e a língua dele. Eu não sou profissional de saúde, mas eu vendo aquilo, percebi que não era normal. Eles não pediram tomografia da região da boca, não fizeram exame. Durante oito dias, meu pai ficou sem comer. Eles também tentaram intubá-lo, mas o tubo não passou pela garganta".

 

Conforme os relatos do filho, oito dias depois, um médico especialista analisou o paciente e descobriu as causas do inchaço. Na terça-feira (25) foi feita uma cirurgia para a retirada de 132 larvas.

 

Seu José Nonato continua internado na UTI do hospital. O filho acredita que a demora deixou o pai debilitado e que se ele tivesse recebido o tratamento adequado, já estaria melhor e em casa.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
São Paulo, SP
19°
Tempo limpo

Mín. 16° Máx. 27°

19° Sensação
3.6km/h Vento
63% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h48 Nascer do sol
05h29 Pôr do sol
Dom 28° 18°
Seg 30° 19°
Ter 19° 17°
Qua 29° 17°
Qui 24° 18°
Atualizado às 10h06
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio
Economia
Dólar
R$ 5,43 +0,00%
Euro
R$ 5,81 0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,13%
Bitcoin
R$ 370,096,43 +0,64%
Ibovespa
121,341,13 pts 0.74%
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio
Lenium - Criar site de notícias